O que os alunos nos ensinam

23 de outubro de 2020

Uma atualização do Comissário Infante-Green

“Da pré-escola ao ensino médio, nossos alunos estão demonstrando resiliência, responsabilidade e respeito uns pelos outros, e temos muito orgulho deles”.

Essas palavras de um artigo de opinião recentemente escrito por nossos oito superintendentes de East Bay realmente saltaram fora da página quando eu as li. Esta frase captura exatamente como me sinto, especialmente quando visito escola após escola em nosso estado. Nossos alunos estão mostrando a nós, os adultos, como nos adaptar e prosperar em tempos difíceis.

Neste ambiente complexo, às vezes é útil nos lembrarmos do que somos na profissão de educação pública - orientar nossos alunos a serem cidadãos atenciosos, líderes de caráter e contribuintes para nossa sociedade, não importa o caminho que escolham. Estamos investindo nosso tempo e energia em seu futuro, na esperança de que o mundo seja um lugar melhor como resultado de nossos esforços.

A geração de jovens que hoje está em nossas escolas me enche de confiança. Em todas as escolas que visito, professores, pais e diretores me contam com orgulho como seus alunos estão indo. E quando ouço os alunos, eles me dizem a verdade nua e crua: essa pandemia não é nada fácil, mas eles estão felizes e com energia por estar de volta com seus amigos e professores.

Nossos alunos também estão avançando de outras maneiras. O aluno membro do Council on Elementary and Secondary Education faz algumas das melhores e mais desafiadoras perguntas que já recebi. Outros alunos estão participando de reuniões locais e estaduais para oferecer suas idéias sobre como tornar a escola ainda melhor. E outros estudantes estão se juntando a manifestações pacíficas por justiça e igualdade.

Esses jovens me inspiram e me enchem de grande confiança para o futuro de nosso estado e de nossa nação. No final de dias difíceis, isso me ajuda a lembrar por que fazemos o que fazemos e por que a educação é o campo mais gratificante que se possa imaginar.